quarta-feira, 5 de novembro de 2014

I'm Yours -
Epílogo...



Gemma saiu na frente, levando Leslie com ela, quem diria que ela cresceria tanto em apenas 3 meses, agora que está com 7 meses ela está mais sapeca que nunca.
O aeroporto estava lotado, o que eu não acho novidade alguma, já que Niall e Harry estão nos esperando no portão de desembarque.
Segui as duas o mais rápido que pude empurrando o carrinho de bagagens, avistei a cabeleira loira de Niall e os cachinhos alisados de Harry, Gemma correu em direção a eles, com Leslie em seu colo.
Niall pegou Leslie assim que Gemma se aproximou, Les se animou, sorriu e bateu as mãozinhas, toda contente em ver o pai.
O clima de Las Vegas é mais quente e não estou acostumada com isso, então quando me aproximei, depois de cumprimentar Niall e Harry, eu tirei o casaquinho de Leslie, que já estava suando.
Leslie esticou os bracinhos em direção a Harry e ele a pegou no colo, Niall se voltou para mim todo sorridente e me abraçou bem forte.

— Bem vinda, amor, hoje nosso dia vai ser cheio, espero que esteja preparada.
— Pra que exatamente? — perguntei desconfiada, ele apenas riu e jogou a alça da minha mochila no ombro.

Gemma e eu pegamos as outras duas mochilas e seguimos em direção a saída, acompanhados por uns quatro seguranças, os meninos foram abordados por fãs durante o percurso até o táxi, mas foi tudo muito rápido.
Chegando ao hotel Harry e Gemma sumiram, levando consigo Leslie, tive que manter a calma e não ir correndo atrás deles, Niall estava relaxado e confiante de que eles cuidariam muito bem dela, eu já não tenho tanta certeza assim.
Niall me apresentou o quarto dele, a cama é enorme e tem até um bercinho no canto, ou ele comprou ou Las Vegas definitivamente é muito bem equipada.
Deixei minha mochila no chão e me joguei na cama, respirei fundo e Niall se jogou ao meu lado, me abraçando em seguida.

— Eu tenho uma surpresa, espero que goste — falou ele e pelo seu tom percebi que estava apreensivo, nervoso.
— Qual a surpresa? — perguntei, me virando de lado e o encarando ansiosa.
— Deveria ser uma surpresa, eu não posso te contar agora, mas eu acho que devo te contar, o que acha?
— Sim, deve me contar, é essencial que me conte — falei e ele gargalhou.
— Tudo bem, vou te contar — Niall respirou fundo e fechou os olhos, tive vontade de rir, mas me controlei. — Reservei uma mesa muito boa em um restaurante muito bom para hoje, daqui a 2 horas, Gem vai te ajudar com a roupa, o cabelo, a maquiagem e tudo o que precisar, Liam e Harry concordaram em cuidar da Les, o que me diz?
— Eu acho perfeito, se eu tenho só duas horas, então tenho que encontrar a Gem e rápido — murmurei animada, ele sorriu, claramente divertido com minha reação.
— Então vá, ela vai te passar o endereço e nos encontramos lá no restaurante, tudo bem?
— Claro, mas por que não vamos juntos? — perguntei intrigada, ele se limitou a sorrir.
— Surpresa, baby.

Niall me deu um beijo rápido, porém apaixonado, e eu me levantei, acenei uma última vez e saí para o corredor do hotel, segui até o fim do corredor e bati na porta do quarto 35A duas vezes, Gemma abriu a porta e sorriu largamente.

— Então, você me achou, temos muito trabalho à fazer, sente-se e me deixe cuidar da sua maquiagem primeiro — ordenou autoritária, dei de ombros e me sentei na cadeira em frente a penteadeira.
— Pode me falar aonde Les está?
— No quarto do Harry, Liam está com eles, não se preocupe.
— Ótimo, agora pode me explicar aonde vou arranjar uma roupa descente para o almoço com o Niall? Já está em cima da hora e eu não trouxe nada descente — murmurei, enquanto ela penteava meus cabelos e sorria docemente.
— Querida, Niall já cuidou de tudo, mas não se preocupe, ele não viu o vestido, é tão surpresa pra ele quanto pra você.
— Não entendi, o que tem demais ele ver minha roupa? — perguntei intrigada, ela riu.
— Você vai ver, apenas cale a boca e curta o seu dia de princesa.
— Tudo bem, você quem manda.

No final das duas horas eu já estava em frente a um espelho de corpo inteiro, Gemma estava segurando nos braços um vestido longo, só que coberto por uma capa de proteção, tentei manter a calma, ela está caprichando demais, a maquiagem e o penteado estão impecáveis, agora esse vestido longo, não sei o que estão tramando, mas estou ficando assustada.

— Não me venha com esse olhar apavorado, é um vestido longo sim, é um restaurante muito chique e o vestido está à altura, então, por favor, feche os olhos enquanto eu te visto, se você olhar eu vou te dar uns cascudos e você vai encontrar seu namorado com um olho roxo, entendeu? — falou ela, severa e séria.
—  Sim, entendi.

Fechei meus olhos, e, pela ameaça que ela me fez, não me atrevi a bisbilhotar, ela passou o vestido pela minha cabeça, com cuidado para não bagunçar meu penteado, e o ajustou ao meu corpo, me caiu como uma luva, ela puxou os fios atrás e amarrou, ajustando e apertando o vestido, por fim ela suspirou.

— Nossa, Vee, você está divina. Pode olhar agora.

Abri meus olhos lentamente e a visão que tive foi de uma noiva, UMA NOIVA, ela só pode estar brincando comigo, olhei para o reflexo dela de boca aberta e ela balançou a cabeça afirmativamente, com os olhos lacrimejantes e um sorriso sapeca nos lábios.

— Tá brincando? — perguntei incrédula, ela riu.
— Não, não vou dizer nada, apenas faça o que o Niall mandou e vá até esse endereço — falou e estendeu a mão para mim, me entregando um pedaço de papel com algo escrito dentro.
— E você? — perguntei, ainda me sentindo zonza com a possibilidade de estar indo me casar.
— Nos vemos daqui a pouco — ela abriu um sorriso estonteante e me abraçou. — Vou estar ao seu lado, não se preocupe.
— Quando tudo isso acabar eu vou te matar e matar o Niall também — ameacei, ela apenas riu.

Com as mãos tremendo levemente eu alcancei a maçaneta e a girei, dei uma última olhada em Gemma, ela sorriu e me tranquilizou, caminhei pelo corredor em direção ao elevador e enquanto isso li o endereço do papel "A Little White Chapel", é o nome da capela, meu Deus, vamos mesmo nos casar!
Levantei a curta cauda do meu vestido, para não arrastá-la, e entrei no elevador, algumas pessoas sorriram para mim, acho que é tão comum ver uma noiva em Vegas quanto é comum ver um jogador de pôquer em um cassino qualquer.
O manobrista do hotel estava do lado de fora e fez a gentileza de chamar um táxi para mim, lhe dei algumas notas de gorjeta e em seguida entrei no táxi, um senhora estava atrás do volante, ela sorriu graciosamente para mim.

— Boa tarde, querida, qual capela? — perguntou docemente.
— Essa aqui — murmurei e lhe entreguei o pedaço de papel.
— Ah, sim, ótima escolha.

Ela me devolveu o papel e ligou o carro, tentei ficar calma, percebendo meu nervosismo ela ligou o rádio e deixou uma música suave tocar, sussurrei um 'obrigada' e ela assentiu, sorridente.
Uns 10 minutos depois eu percebi que estávamos rodando em círculos, me inclinei na direção dela e ela riu, uma risada doce e convidativa.

— O que houve? — perguntei, impaciente.
— O rapaz me pediu para enrolar um pouquinho, mas acho que já posso estacionar em frente a capela, pronta?
— Sim, claro.
— Ótimo, então respire fundo, docinho, essa é a sua hora.

Ela estacionou em frente a capela "A Little White Chapel", fiquei extasiada por um momento, é linda.



Paguei a motorista, ela sorriu e me desejou felicidade, agradeci e saí do carro, à minha espera na porta da capela estava Harry, ele estava usando um terno escuro, com gravata preta e até mesmo uma rosa na lapela, ele está lindo.
Ele sorriu e esticou um buquê de rosas brancas em minha direção, arfei, completamente chocada e segurei o buquê.

— O quê? — perguntei, impressionada com as lindas rosas do buquê, ele riu.
— Surpresa, maninha, seu noivo preparou tudo — falou ele, sorridente e empolgado.
— Isso tudo é... Incrível — suspirei, comovida com o trabalho que Niall teve.
— Você está... Uau!! Maninha, isso é incrível, você está linda demais — falou, me olhando de cima a baixo.
— Obrigada, você também não está mal — ele riu e esticou o braço para mim. — Vamos lá, você tem que se casar.

Segurei no braço de Harry com uma mão e com a outra segurei o lindo buquê, respirei fundo e Harry deu um passo para dentro da capela, ele me guiou pelo corredor até pararmos na entrada do salão, era lindo, espetacular.



Lá no altar estava Niall; no lado esquerdo, aonde eu ficaria, estava um padre, Gemma e Ansel; Louis e Eleanor estavam do lado direito, ao lado de Niall. Liam estava ao lado de Gem e Ans, Leslie estava em seus braços e ela estava vestindo um lindo vestidinho rosado, estava uma gracinha; ao lado deles estava Elvis Presley, o rei do rock.
Louis cutucou Niall e ele olhou em nossa direção, sua boca se entreabriu e ele sorriu, respirei fundo novamente e retribui seu sorriso.
Harry me olhou de canto de olho e riu, belisquei seu braço e ele deu um passo à frente, a marcha nupcial começou a tocar e nós caminhamos lentamente em direção ao altar, a medida que avançávamos eu vi as poucas pessoas que estavam ocupando os bancos de convidados, meus pais estavam lá: meu pai e Anne; os pais de Niall, Greg — o irmão dele —, a esposa e o filho de Greg — Théo estava uma gracinha naquele terninho pequeno.
Quem também ocupava os bancos era Luke, Ashton, Michael e Calum; me surpreendi ao vê-los ali, mas foi uma surpresa boa, afinal, eles estão abrindo a turnê dos rapazes, então, obviamente, eles estão viajando juntos.
A cerimônia é bem íntima, só os amigos e a família, ainda estou em êxtase e não consigo pronunciar mais que uma palavra.
Quando chegamos ao altar, Harry beijou minha mão e me entregou a Niall, o padre pigarreou e perguntou:

— Quem está entregando essa jovem? 
— Eu, Harry Styles, irmão da noiva, e meus pais, Robin e Anne Grey — murmurou Harry, formalmente.

Olhei em direção aos meus pais e os dois sorriram, retribui o sorriso e mandei um beijo para os dois.
Gem se inclinou para pegar meu buquê, aproveitando que me virei eu dei um beijo em Leslie, que estava quietinha no colo de Liam.
Voltei a me virar de frente para Niall e ele abriu um largo sorriso.

— Está surpresa? — perguntou ele.
— Está brincando? Claro que estou.
— Agora, se estiverem prontos... — disse o padre, abrindo a bíblia.
— Sim, por favor, comece — pediu Niall e nos viramos de frente para o padre.
— Claro — o padre pigarreou e começou a ler o discurso matrimonial.

Tentei ficar atenta nas palavras do padre, mas era difícil com Niall acariciando minha mão e me abraçando a todo instante, por fim, o padre começou a sussurrar os votos para Niall e eu repetirmos.

— Eu, Niall Horan, recebo você, Evie Grey, como minha legítima esposa, e prometo estar contigo na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, amando-te, respeitando-te, sendo fiel a você todos os dias de minha vida, até que a morte nos separe — repetiu Niall, os olhos brilhando e um sorriso encantador nos lábios.
— Eu, Evie Grey, recebo você, Niall Horan...

Quando enfim terminei eu suspirei profundamente, tomando fôlego, o padre se inclinou e nos entregou as alianças douradas, Niall pegou uma e a colocou em meu dedo anelar da mão esquerda, fiz a mesma coisa com ele.

— Agora, com a benção a mim concedida, eu vos declaro Sr. e Sra. Horan. Pode beijar a noiva.

Niall sorriu e me tomou em seus braços, ele riu e murmurou "Amo você, Sra. Horan", então me beijou, de um jeito tão apaixonado que me fez derreter em seus braços, envolvi meus braços em volta do seu pescoço e o apertei contra mim, o beijando com a mesma paixão e intensidade.

— Eu sou seu e você é minha, agora é oficial — murmurou ele, sem desgrudar seus lábios dos meus.
— Sim, sou sua e você é meu.

Sorri contra seus lábios, ele riu e todos a nossa volta aplaudiram, enquanto nós dois permanecíamos nos braços um do outro.

 


"Mas eu não vou hesitar, não mais, não mais
Isso não pode esperar, eu sou seu
Bem, abra sua mente, e veja como eu
Desabafe e, caramba, você está livre
Olhe para seu coração e você verá que o céu é seu
Então por favor não, por favor não, por favor não
Não precisa complicar
Porque nosso tempo é curto
Esse é, esse é, esse é nosso destino, eu sou seu!"
- I'm Yours (Jason Mraz)


                                                           The End...                                                         


Hey girls.
Amei os coments. De verdade.
Agora, que tal 10 coments. E eu posto a sinopse?
Conto vcs, obrigada minhas divas <3


7 comentários:

  1. Cara,eu chorei..Mds!!Continua

    ResponderExcluir
  2. MEUS DEUSES que fic foi essa/ perfeita D++++++++
    Como assim casamento surpresa? Queria que ela dissesse não, so pra ele cair do cavalo(mentira)

    ResponderExcluir
  3. Aaaaaaaa jesusssss q de maisssssssssssssaa meu serio vc eh de maissssssssss bjssss

    ResponderExcluir
  4. Apaiconte ... Acho que não existe outra palavra que consiga descrever a sua fic... Amei, adorei, estava perfeita .. E estou morrendo de ansiedade para a próxima fic
    ~liv

    ResponderExcluir
  5. Omj ... Perfeito , simplesmente perfeito

    ResponderExcluir
  6. Meu deus... cara eu te amooo, nunca vi uma coisa tão pft assim, 100nhor vou ter um ataque cardíaco mds Parabéns Parabéns Parabéns vc tem mto potencial e escreve mto bem amei sua fic...

    Xx: Bella

    ResponderExcluir

Sou como uma escritora, lanço o livro para ser comprado;
Vocês são os compradores e os comentários o pagamento u.u
Faço isso de coração e amo, mas preciso do seu comentário <3

Qual a música? "No one in the world could stop me from not moving on, baby. Even if I want to..."

Por: Milinha Malik. Tecnologia do Blogger.

Cupcakes Visitantes ♫♫

♥Books♥

Translate

Talk to me!!

Twitter

♥Cupcakes♥


widget

Instagram

Instagram

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto

Hello pessoas,
Sei que muitos não lerão isso, não se importaram com isso, não vão querer ao menos ver isso.
Mas não tem problema, isso aqui é pra quem quer ler.
Sou apaixonada por livros, amo escrever e, acima de tudo, amo One Direction, pois foi graças a eles que eu descobri o meu amor pela escrita.
Não espero que gostem das minhas histórias, mas aos que gostam: Obrigada.
Quem quiser entrar em contato é só seguir no Twitter: @miamelo1d

Agenda!