sábado, 27 de setembro de 2014

"Antes que o frio passe, eu darei o meu melhor
E nada, além de uma intervenção divina, vai me parar
Eu acho que é a minha vez de ganhar ou aprender algo..."
- I'm Yours (Jason Mraz)




— Uau! — falou Niall, ele sorria, mas seu sorriso estava mais triste do que feliz. — Somos padrinhos da Leslie então — brincou e eu ri.
— Bem que poderíamos ser mesmo, ela já tem quase 2 meses e ainda não é batizada — murmurei.
— Verdade, vou conversar com a diretora do orfanato e preparar tudo para batizarmos nossa garotinha — concordou animado.
— Parem de mudar de assunto, essa não é a questão agora — esbravejou Harry. — Você sabe o quanto isso pode ser ruim pra você? Acredite em mim, você não está preparada para assumir toda a bagunça que vem junto com o Zayn, você sabe do que eu tô falando, as fãs são possessivas, Vee, elas não gostam das nossas namoradas, você sabe disso — berrou irritado.
— Não as chame de possessivas, elas apenas amam vocês e estão certas em querer protegê-los de possíveis interesseiras — murmurei, chocada e ofendida. — Além do mais, esse site de fofoca apenas está supondo toda a situação, não confirmamos nada.
— Nem vão confirmar, admitir isso publicamente vai ser muito pior, e se não der certo?
— E daí? Vamos tentar, se não der certo acabou, não estou dizendo que vamos nos casar, ter filhos, nos mudarmos para uma casa de campo no interior e ter um cachorro chamado Marley, relaxa Harry — brinquei, Niall e Gemma riram, mas Harry continuou mortalmente sério.
— Depois não diga que eu não avisei.
— Eu posso lidar com elas, tá bom? Confie em mim — finalizei, exausta de discutir com ele.

Harry tirou o notebook do meu colo e Gemma ergueu a mão, Harry entregou o note para ela e se sentou ao seu lado, eu deitei minha cabeça no ombro de Niall e ele acariciou meus cabelos lentamente com uma das mãos, instintivamente fechei meus olhos para senti-lo melhor, com a outra mão ele entrelaçou seus dedos no meu e acaricio-os ternamente.



|☼|☼|☼|

Niall entrou em meu quarto, por volta das 7 da noite, saltitando de ansiedade, ele se sentou na ponta da minha cama e aguardou paciente enquanto eu terminava de me arrumar, por fim parei em frente a ele e coloquei as mãos no quadril.

— Como estou? — perguntei e ele sorriu.
— Deslumbrante, fantástica, agora podemos ir? — perguntou ansioso, me fazendo rir.
— Claro, podemos ir agora.

Niall correu até a porta do meu quarto e a abriu, em seguida ele me deixou passar e me seguiu até o andar debaixo.
Todos já estão na balada Demon's, os rapazes a alugaram para comemorar o aniversário do Niall, os amigos deles, da banda 5 Seconds Of Summer, vão tocar e todos os amigos mais íntimos dos rapazes vão estar lá, inclusive Dougie Poynter e Danny Jones, do McFly, Justin Bieber, Ed Sheeran, entre outros.
Niall saiu trotando em direção ao carro, todo feliz, é bom vê-lo tão animado. Segui ele calmamente e ele abriu à porta do passageiro para mim, cavalheiro como sempre, em seguida ele correu até a porta do motorista e se jogou dentro do carro, ligando-o imediatamente.
Liguei o rádio para ajudar no animo de Niall, ele sorriu para mim e seguiu pela estrada pouco movimentada e fria de Setembro, com o aquecedor ligado no máximo eu estava conseguindo me manter quente, estou contando que a boate tenha aquecedor, se não estarei ferrada.
Cerca de 10 minutos depois eu me vi aquecida e despreocupada já na entrada da boate, Niall estava ao meu lado e sua mão dançava pelas minhas costas nuas, me guiando pelo caminho estreito e escuro até o barulho de pessoas e música.
Niall puxou uma cortina negra e a minha visão clareou, vi todos os convidados e os meninos espalhados pelo enorme salão, Niall esticou a mão e eu a segurei, então ele me puxou entre as várias pessoas, ora cumprimentando-as, ora sorrindo e parando para tirar fotos, aguardei pacientemente até que paramos no bar, ao lado de Harry e Gemma.

— Ei, vocês chegaram — comemorou Harry, sua voz já embargada e ele parece estar bêbado, mas ainda não chegou a esse ponto.
— Sim, chegamos, aêê — comemorou Niall, com uma animação meio irônica.
— Temos que subir ao palco e cantar uma música, para começar a festa com estilo — murmurou Harry, se revesando entre falar e beber mais vodka.
— Então vamos lá, largue esse copo, homem — ordenou Niall a Harry, tirando o copo da mão dele e o puxando em direção ao palco.

Antes de Niall se afastar com Harry, ele se virou e me beijou na testa, então foi todo animado puxando Harry e encontrando Liam, Louis e Zayn no caminho.
Só ao ver Zayn foi que me lembrei de que ainda não tinha o visto hoje, ele disse que iria me ver depois do almoço, mas provavelmente não teve tempo, então tenho que esperar ele descer do palco para ir falar com ele.
Os rapazes estavam tão lindos, quando todos eles subiram ao palco para cantar a música de abertura a multidão foi a loucura e ouvi vários assobios e palmas.
Me sentei ao lado de Gemma e bebi o resto de vodka que Harry havia deixado no copo, então pedi um copo de tequila ao garçom, que me serviu sorridente.
As batidas de Up All Night logo me animaram e Gemma e eu subimos nos bancos em que antes estávamos sentadas e começamos a pular junto com os garotos, só que eles no palco e nós duas em cima dos bancos do bar.



Quando a música acabou Gemma começou a gargalhar, obviamente ela já está alterada, como eu não estou cem porcento sóbria acabei rindo com ela, então me desequilibrei e torci o pé, o salto não me ajudou a manter o equilíbrio, só ouvi o grito agudo de Gemma e mãos me socorrendo antes que eu me espatifasse no chão.
Encarei primeiro as mãos grandes e fortes que me seguravam, em seguida olhei por todo o seu braço musculoso, parando finalmente em seu rosto, traços bem delineados e um sorriso tão acolhedor quanto exuberante, Ansel estava se segurando para não rir.

— Te falei que era seu anjo da guarda, não falei? — brincou, ele me colocou em pé e deixou as mãos em meus ombros, como se estivesse me segurando, caso eu caísse de novo.
— Obrigada, não estou bêbada, se é isso que está pensando — esclareci, me adiantando, já que sei muito bem o que ele deve estar pensando.
— Ei, os rapazes estão vindo aí — gritou Gemma, mais alto que a música, em meu ouvido.
— Vou dar o fora, não quero causar problemas — comentou Ansel, se afastando lentamente, mas ainda sorrindo magnificamente.
— Você não causa problemas — tentei impedi-lo, mas ele já estava longe o suficiente, ele apenas acenou e virou as costas, então eu o perdi de vista.

Ansel sumiu assim como apareceu, do nada, talvez mais algumas aparições dessa e eu acredite de verdade que ele é meu anjo.
Me virei para encarar Gemma e uma montanha de músculos me cegou, os braços de Harry me apertaram com tanta força que pensei, por um minuto, que iria morrer sem ar, mas ele me soltou antes disso acontecer.

— Você está bem? — perguntou, me olhando de cima a baixo — Vimos você cair e abrimos caminho até aqui, o que aconteceu?
— Torci o pé e caí, mas está tudo bem, não se preocupe — tranquilizei-o e ele suspirou, aliviado, então voltou ao bar para pegar mais bebida.
— O que ele estava fazendo aqui? — perguntou Zayn, aparentemente bravo.
— Ele me ajudou, é crime? — retruquei, irritada com seus inexistentes motivos para ficar bravo.
— Você sabe que eu não gosto dele — falou baixo, porém severamente.
— Eu não me importo, ele é meu amigo, você não precisa ficar bravo só por ele salvar a minha vida — retruquei impaciente.
— Ele não salvou a sua vida, não vamos exagerar, por favor — comentou sarcástico, me irritando mais ainda.
— Zayn, não quero discutir — falei exasperada.
— Não vamos discutir, tudo bem, acabou aqui — falou sério e eu percebi que o que havia acabado não era a briga e sim o que tem entre nós.
— Você tem certeza? — perguntei incrédula, mas mantendo minha voz firme.
— Absoluta, você não liga para minha opinião, então isso não vai dar certo — falou, esfregando o rosto com exasperação.



— Tudo bem, você quem sabe — falei indiferente e me aproximei do bar, dando as costas para ele.

Estendi a mão com um dedo no ar para o garçom e ele se apressou para me servir mais um copo de tequila, antes de pegar minha bebida eu arrisquei olhar para onde eu havia deixado Zayn, ele estava esfregando o rosto novamente, desviei o olhar antes que ele me visse olhá-lo.
Agradeci ao garçom e me virei para Becka, que estava ao meu lado e conversando com Liam, os dois me olharam preocupados e eu virei o copo, deixando a tequila descer rasgando minha garganta e esquentando tudo.



— Acabou, seja lá o que tivemos, acabou — falei por fim e os dois me olharam pesarosos.
— Cara, vocês formam um casal tão lindo — lamentou Becka e eu sorri forçadamente.
— Obrigada, mas já era.
— Vocês vão se entender, estão meio loucos por causa da festa, amanhã vai estar tudo bem — falou Liam, a certeza em sua voz me fez querer atacá-lo, mas isso não vai acontecer.

Bebi mais três copos de tequila com limão antes de me afastar do bar e encontrar Lea e Gemma na pista de dança, Louis estava acompanhando as duas em uma dança frenética e maluca, Gemma me puxou para um abraço e riu, completamente bêbada.

— Você vai se divertir hoje — gaguejou ela, apontando um dedo para mim.
— Sim, hoje eu vou me divertir — concordei meio grogue e ela riu.
— Hoje nós vamos nos divertir — gritou para ninguém especificamente.

Nós duas começamos a dançar juntas, deixando Louis e Lea sozinhos.
Mexi meus quadris conforme o ritmo da música e fechei meus olhos, sentindo toda a adrenalina percorrer meu corpo, as várias tequilas me deixaram desinibida e enérgica, joguei meus braços pelos ombros de Gemma e dançamos junto aos vários corpos ao nosso redor.



A música foi morrendo aos poucos, sendo continuada por outra que eu conheço bem, Titanium do David Guetta, o remix dessa música é perfeito para dançar.
Algumas garrafas de vodkas e vários copos de tequila depois eu já havia trocado de roupa e estava sendo empurrada para cima do palco, onde uma barra de pole dance estava montada.
Calum Hood, amigo do Niall, se aproximou de mim e da barra e falou no microfone.

— Então, o que faremos agora, Vee? — perguntou malicioso e eu ri, completamente louca.
— Um showzinho de parabéns para o Niall — falei, apontando para Niall, que estava sorridente ao lado de Harry.
— Niall, essa é pra você, meu amigo. Parabéns — falou Michael e se afastou, acenando para o DJ colocar uma música.

As luzes diminuíram e luzes de outras cores começaram a piscar, minha vista escureceu momentaneamente e então a música começou a tocar, me concentrei em fazer minha dança, já fiz isso antes, então não tenho dificuldades em dançar pole dance.
A música é Rabiosa, da Shakira, essa música é muito boa e eu já dancei ela quando fazia aulas de pole dance, então vai ser divertido.


¹

Ao acabar eu me sentei no palco e mandei um beijo para Niall enquanto tentava parar de ofegar, ele sorriu e jogou vários beijos para mim.
Escutei a salva de palmas e os diversos assobios, então me levantei e me curvei, agradecendo a platéia, Gemma estava no fim da escada que sobe ao palco, ela estava saltitando de alegria e batendo palmas, como uma criança de 5 anos que acabara de ganhar um doce.
Desci as escadas cambaleando levemente, estava tonta e agitada, antes de chegar ao ultimo degrau alguém me segurou pela cintura e me pegou no colo, demorei a perceber os cabelos louros e a pele branca de Niall, envolvi seu pescoço com os meus braços e o abracei fortemente.

— Você foi incrível — sussurrou em meu ouvido. — Obrigado!
— De nada, meu anjo, meus parabéns — falei e beijei a bochecha dele.
— Muito obrigado — agradeceu e me colocou no chão, então me abraçou mais forte ainda.
— Preciso trocar de roupa — murmurei aproveitando seu abraço e ele riu.
— Não, fica com essa roupa, você está linda.
— Tá, mas só porque é seu aniversário — provoquei e ele riu.
— Ótimo, agora vamos dançar — Niall disse e me puxou em direção à pista de dança.

Enquanto Niall me conduzia para a pista de dança eu me perguntei por onde andaria Amy, não a vi desde o começo da festa e imaginaria que ela estaria no pé do Niall, já que é aniversário dele e tudo mais.
Devido as muitas pessoas aglomeradas ali, Niall me puxou para junto de seu corpo e abraçou minha cintura com um de seus braços, enquanto o outro ele levou até meu rosto e acariciou minha bochecha, estava tocando uma música agitada, mas Niall estava me conduzindo em uma dança lenta.
Acho que ao notar o único casal dançando lentamente, Calum decidiu que era hora de diminuir o ritmo e pediu para o DJ trocar a música, a suave melodia de I Don't Miss A Thing, da banda Aerosmith, encheu meus ouvidos e eu passei meus braços ao redor do pescoço de Niall, que sorriu e me beijou a têmpora, afastei meu rosto o bastante para olhá-lo nos olhos.



Depois de alguns minutos olhando-o, consegui quebrar o hipnótico contato visual e deitei minha cabeça em seu ombro.

— Amy e eu terminamos — sussurrou em meu ouvido de repente, me fazendo olhá-lo assustada.




                                                                  

¹- Essa é a apresentação de Vee, mas digamos que ela use mais roupas que a Shakira =).




Hey girls, tudo bem?
Eu estou mais ou menos, nesse exato momento eu acho que bebi vinho demais e estou um pouco aluada, mas fora isso tudo bem kkkkk
Mas eu adorei os comentários anteriores, adoro quando vcs dizem o que querem, o que acham que vai acontecer, mas eu não vou dar spoiler :3
Comentem rapidinho q eu posto rapidinho, kisses <3


5 comentários:

  1. Que perfeito .. Mas ainda acho que a vee e o zayn ficariam tão fofinhos juntos ... A próxima ficar vai ser com quem ?
    ~liv

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaaaaaaa ele acabou com a Amy aaaaaaaa vamos que vamos Vee hahahhaha pareço louca hahahahahaha CONTINUA TA PERFEITO AMOS SEUS IMAGINES SERIO, DE CORAÇÃO
    Bjssssssss

    ResponderExcluir
  3. eu tb acho a vee e o zayn fofos juntos,poise, tb quero saber com quem será, continua linda!!

    ResponderExcluir
  4. N acredito que eles ja terminaram :( ta perfeitoo <3

    ResponderExcluir
  5. Quando vc vai postar o próximo?

    ResponderExcluir

Sou como uma escritora, lanço o livro para ser comprado;
Vocês são os compradores e os comentários o pagamento u.u
Faço isso de coração e amo, mas preciso do seu comentário <3

Qual a música? "No one in the world could stop me from not moving on, baby. Even if I want to..."

Por: Milinha Malik. Tecnologia do Blogger.

Cupcakes Visitantes ♫♫

♥Books♥

Translate

Talk to me!!

Twitter

♥Cupcakes♥


widget

Instagram

Instagram

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto

Hello pessoas,
Sei que muitos não lerão isso, não se importaram com isso, não vão querer ao menos ver isso.
Mas não tem problema, isso aqui é pra quem quer ler.
Sou apaixonada por livros, amo escrever e, acima de tudo, amo One Direction, pois foi graças a eles que eu descobri o meu amor pela escrita.
Não espero que gostem das minhas histórias, mas aos que gostam: Obrigada.
Quem quiser entrar em contato é só seguir no Twitter: @miamelo1d

Agenda!