quarta-feira, 3 de maio de 2017

"Caramba, você parece tão linda com suas roupas
E eu não estou tentando soar muito forte
Mas você sabe que eu não consigo me conter
Porque garota, você é linda..."
– Lights On (Shawn Mendes)



Mais cedo do que eu imaginava, o dia de voltar a Londres chegara. Fiquei com o coração apertado por ter que ir embora, primeiro por causa da Paramore, os rapazes e eu estamos nos dando muito bem e nós temos sintonia, espero voltar para continuar o nosso trabalho; e segundo porque o Harry não cansa de fazer chantagem emocional para me fazer voltar, mesmo que nós nem mesmo tenhamos ido ainda.
Dei um última checada no quarto, fechei a mala, retoquei o batom no espelho e desci até o primeiro andar, onde Liam, Cheryl e Harry estavam me esperando. Nos despedimos todos de Diana e ela me fez prometer voltar, não tive como dizer não.
Ao menos desta vez, eu decidi passar a viagem inteira dormindo para não ter que aturar Cheryl durante o voo, ajudou muito eu não ter dormido nada noite passada por causa da festa de despedida que rolou na casa do Harry, então Harry e eu ocupamos a suíte do jatinho e eu dormi durante as 11 horas de voo, acordando somente para trocar de roupa para suportar o frio de Londres.
Desembarquei puxando a minha mala roxa e com uma grande cara de sono, mas meu rosto se iluminou quando eu vi Zayn esperando impaciente em frente ao portão de desembarque.
Zayn esboçou um sorriso gigantesco ao me ver, larguei minha mala e corri em direção a ele, me joguei em seus braços e o abracei, guinchando de felicidade.


Resultado de imagem para gifs casal correndo para abraçar

– Meu Deus, Zayn!! Que saudade. Você está tão magro, o que você fez? Se alimentou direito? Está se hidratando bem? Como anda o seu disco? Ai, eu amo tanto você! – tagarelei o abraçando, beijando e tateando-o, ele riu.
– Estou bem, mamãe – resmungou como um adolescente mal-humorado. – Está tudo indo as mil maravilhas, e você, como está? Senti tanto a sua falta!
– Meu Deus, mulher! Ninguém nunca lhe disse que não pode largar sua bagagem no meio de um aeroporto? – brincou Harry, trazendo a minha mala e a dele para perto da gente, logo Liam e Cheryl também se juntaram a nós e todos cumprimentaram Zayn, logo que o vi livre dos cumprimentos eu voltei a abraçá-lo e fiquei grudada nele. 
– Conversamos melhor no carro, vamos sair daqui antes que chamemos muita atenção – murmurou Zayn, segurando a minha mão e me puxando para começarmos a andar, o segui puxando a minha grande mala roxa.

Zayn veio em seu Ranger Rover nos buscar, Liam, Cheryl e Harry se acomodaram no banco de trás e Zayn e eu ficamos na frente, liguei o rádio baixinho e comecei a contar todas as novidades para Zayn durante o caminho até a casa dele. Com intromissões dos rapazes e total silêncio de Cheryl, graças a Deus!
No caminho, deixamos o casal na casa de Liam, Cheryl murmurou um agradecimento e correu para dentro do prédio, Liam ficou se despedindo mais calmamente, ele falou com os rapazes e então virou-se pra mim.

– Nós vemos hoje à noite, linda – ele sorriu e Zayn virou-se de olhos arregalados pra mim.
– Mas hoje é a estréia de Dunkirk – falei confusa, ignorando os grandes olhos de Zayn. 
– Eu sei, serei seu acompanhante. Sinto que daqui a pouco Cheryl estará saindo de vez da minha casa – ele piscou para mim, acenou para os rapazes e entrou no prédio, me deixando sozinha com um Harry indignado e um Zayn muito curioso.
– Como assim? Eu serei seu acompanhante hoje! O que esse cara tá pensando? – resmungou Harry, me fazendo rir.
– Relaxe, meu bem. Eu posso ter dois acompanhantes, afinal tenho dois braços! – rebati, ele então concordou com um muxoxo não muito contente e deu espaço para Zayn me encher de perguntas. 
– Linda? Cheryl sairá da casa dele? O que tá acontecendo, Tess? – perguntou Zayn, Harry e eu rimos, para resumir eu apenas ergui a mão e lhe mostrei o meu grande anel de noivado, os olhos de Zayn pareciam a ponto de sair das órbitas. – Que porra é essa? 
– Liam me pediu em casamento, é confuso, eu sei, mas ele irá terminar com Cheryl, então nós poderemos ficar juntos. Eu amo ele, Zayn, não tem jeito – suspirei e Zayn sorriu comovido. 
– Vocês são doidos, mas eu quero ser o padrinho.

Harry combinou que quando estivesse arrumado ele viria até a casa do Zayn nos buscar na limousine que o agente dele reservou, ele também disse que o meu vestido já esta na casa do Zayn, o agente dele é maravilhoso e Harry garantiu que ele escolheu uma coisa linda para mim, espero que sim, porque hoje é a grande estréia do Harry!
Deixamos Harry em casa e então seguimos para a casa do Zayn.
Por mais que eu esteja indo só para me exibir em um vestido bonito ao lado de Harry e, na verdade, a gente não faça nada decente nesses eventos, eu estou animada, talvez eu até consiga ver todo o filme hoje, já que fraquejei na pré-estreia.
Quando chegamos em casa, Zayn levou minha mala até o quarto de hóspedes/meu quarto, se jogou em minha cama e esperou que eu abrisse o saco grande que cobria o meu vestido. Fiquei boquiaberta quando encontrei o majestoso vestido Gucci, Zayn não ficou tão impressionado porque já tinha xeretado hoje mais cedo, mas garantiu que eu ficaria um espetáculo naquele vestido.
Não perdi tempo, fui correndo tomar uma banho para poder vesti-lo. Depois do banho eu prendi meu cabelo com alguns grampos para dar um ar sofisticado, me maquiei com um tom mais rosado para combinar com o vestido, calcei os sapatos de tirinha e vesti o vestido, recebendo ajuda de Zayn para fechá-lo, eu fiquei deslumbrante. Me senti muito sexy ao olhar no espelho, esse vestido era até mais bonito que o outro que eu usara na pré-estreia. Para completar o belo visual eu ostentei em meu dedo o enorme anel que Liam me dera, Zayn ficou até sem fôlego quando me viu totalmente pronta.

– Você está maravilhosa, meu bem – ele sorriu e veio me abraçar, já tinha tomado banho e estava usando apenas a calça do smoking, o cabelo estava úmido por causa do gel mas ele já estava lindo.
– Me lembre de agradecer ao agente do Harry, esse vestido é surreal! – gemi de felicidade e Zayn riu.

Esperei na sala enquanto Zayn terminava de se arrumar, quando ele veio me fazer companhia me trouxe um copo de whisky, o melhor da adega dele. Nós dois bebemos em silêncio e então ele disse:

– Eu consegui entradas para Cam e Dominique, acho que eles irão – ele murmurou e me olhou cauteloso.
– Maravilhoso, estou morrendo de saudade deles, e preciso resolver as coisas com Cam, não nos falamos desde que me mudei e estou completamente louca de saudade do Rikker, ele deve ter crescido tanto na minha ausência – falei, um pouco triste por não ver o meu garotinho a tanto tempo, falei poucas vezes ao telefone com ele enquanto estava em LA.
– Eles estão juntos agora, Tess. Domi se mudou para a casa de Cam, eles voltaram – soltou Zayn, como se tivesse se livrado de algo que o incomodava, ficou ligeiramente boquiaberta, demorando para entender o que ele acabara de me dizer.
– Bem... Uau! Por essa eu não esperava – murmurei desnorteada, ele sorriu e balançou a cabeça, concordando comigo.
– É, pois é!
– Bom, é ótimo, é um boa notícia. Claro que é – falei, tentando convencer mais a mim mesma do que Zayn, ele sorriu piedoso, entendendo a minha confusão mental.
– Eu sei que ela é sua amiga, Tess, mas achei meio que falta de respeito e consideração para com você, até porque ela nem se quer te avisou que voltou com o seu ex – disse Zayn, tomando cuidado com as palavras, mas eu concordo com ele, total falta de consideração comigo. Ah, não, espera, foi eu que pedi para que ela não me desse notícias a respeito de Cam. Mas olha só, pelo menos disso eu iria querer saber, não é? Fala sério!
– Não, eu pedi para que ela não me desse notícias a respeito de Cam, está tudo bem, conversarei com eles hoje à noite.

Ouvimos uma buzina altíssima, Zayn olhou pela janela e confirmou o que já sabíamos, era a limousine de Harry. Nós descemos para encontrá-lo.
Quando Zayn e eu paramos na calçada, a porta de trás da linda limousine se abriu e Harry saltou para fora todo elegante e sorridente.

– Minha querida, uau! – ele disse me olhando dos pés a cabeça, ri e senti minhas bochechas corarem.
– Você também não está nada mal – brinquei e o abracei, ele cheirava tão bem que eu quis não me afastar dele um minuto se quer.

Zayn e Harry se cumprimentaram e nós nos acomodamos na limousine, Harry abriu uma champanhe para comemorar enquanto seguimos caminho para ir buscar Liam em seu apartamento.
Os rapazes conversavam animadamente entre si, enquanto eu os admirava e bebericava a minha bebida, eles estava empolgados com a estréia do filme, eu também estava, mas o que dominava os meus pensamentos era Liam e Cheryl, comecei a ficar tensa cada vez que nos aproximávamos mais da casa de Liam.
Quando estacionamos em frente ao prédio onde Liam mora, eu estava completamente gelada, com muito medo de ele aparecer acompanhado, os rapazes notaram o meu desespero e ambos seguraram as minhas mãos e sorriram, me acalmando e dizendo-me que tudo ficaria bem, que Liam prometera me acompanhar hoje, sem Cheryl, nada mais de Cheryl, só nós dois.
Respirei fundo, mas prendi a respiração quando a porta do prédio se abriu, vi Liam aparecer todo perfeito, o cabelo bem penteado e brilhante por causa do gel, o smoking bem alinhado e impecável, o sapato mais brilhante que a sua cabeça e, mais lindo ainda, ele não estava trazendo ninguém, apenas ele e aquele lindo sorriso.




0 comentários:

Qual a música? "No one in the world could stop me from not moving on, baby. Even if I want to..."

Por: Milinha Malik. Tecnologia do Blogger.

Cupcakes Visitantes ♫♫

♥Books♥

Translate

Talk to me!!

Twitter

♥Cupcakes♥


widget

Instagram

Instagram

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto

Hello pessoas,
Sei que muitos não lerão isso, não se importaram com isso, não vão querer ao menos ver isso.
Mas não tem problema, isso aqui é pra quem quer ler.
Sou apaixonada por livros, amo escrever e, acima de tudo, amo One Direction, pois foi graças a eles que eu descobri o meu amor pela escrita.
Não espero que gostem das minhas histórias, mas aos que gostam: Obrigada.
Quem quiser entrar em contato é só seguir no Twitter: @miamelo1d

Agenda!